Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA

Mensagem do Diretor-geral

PDFImprimirE-mail

tales-fernandesÉ com muito orgulho e alegria que começamos a gestão (2019 – 2022) com novos olhares e cheios de esperança! Vamos juntos trabalhar para fortalecer o IMA, referência nacional em defesa agropecuária.  Somos sem dúvida os profissionais mais qualificados e comprometidos neste segmento em todo o Brasil. Temos uma excelente relação com o setor produtivo, uma estrutura organizacional efetiva e somos modelo em tecnologia e inovação.

É um prazer colaborar com o crescimento do agronegócio mineiro. O IMA é uma instituição que trabalha para o produtor rural por meio da defesa agropecuária, inspeção e certificação de produtos, agregando valor ao produto mineiro e abrindo novos mercados, criando renda, emprego e qualidade de vida no campo.

Assumimos a gestão e, dentro de nossas prioridades de trabalho, está a corrida para a retirada da vacinação contra a febre aftosa em 2021, um grande ganho para a agropecuária mineira, haja vista que deixaremos de vacinar cerca de 24 milhões de animais por ano. Com status de área livre sem vacinação, vamos abrir novos mercados e teremos um comércio mais amplo para nossos produtos. É muito importante sensibilizarmos para este desafio. Deixo aqui meu apelo para os produtores rurais: que eles continuem cumprindo a nossa tabela de vacinação para que possamos em 2021 consagrar a questão da febre aftosa, encerrando este capítulo da defesa agropecuária em Minas Gerais.

Outro tema importante são os consórcios públicos, que irão fortalecer nosso trabalho. A grande extensão territorial de Minas é um desafio para a inspeção de produtos de origem animal. Precisamos do apoio da Emater, das Prefeituras Municipais e do Sebrae para descentralizarmos estas ações. Os consórcios públicos irão viabilizar e facilitar o trabalho das agroindústrias, permitindo que façam o registro do estabelecimento no próprio município e consigam comercializar o produto em todo o estado de Minas Gerais, que precisa impulsionar a máquina para produzir emprego e renda.

Iremos trabalhar também para a regulamentação da legislação que trata dos queijos artesanais de Minas.

Outra prioridade de nossa gestão são os servidores do IMA, nosso maior patrimônio. Vamos nos empenhar para melhorar a qualificação e capacitação dos servidores,  impulsionando a integração com seus respectivos setores, em prol de uma fiscalização educativa e não meramente punitiva. Uma fiscalização que ensina antes para depois cobrar.  Neste contexto também estão incluídas a revisão da legislação e um novo código de defesa agropecuária. Aliás, já temos um projeto aprovado em parceria com Fapemig/UFMG.

Destaco também a importância da modernização institucional que permitirá a desburocratização, a simplificação de processos e o acesso dos produtores aos serviços via web.

O IMA tem uma equipe comprometida, composta por servidores na sede da Cidade Administrativa, nas 21 coordenadorias regionais e em 209 escritórios seccionais distribuídos em todo o território mineiro, onde estamos à disposição para receber os produtores rurais.

Com nosso trabalho, vamos alavancar Minas Gerais! Que o agronegócio mineiro se sobressaia cada vez mais, gerando emprego e renda para o campo, garantindo a qualidade de vida.

 

Um abraço a todos!

Thales Fernandes

Diretor-geral do IMA